Tv e Cinema

O futuro não está aqui

Olá, pessoal!

Para quem acompanha o blog, viu recentemente um vlog da Carla reclamando da vida. Com isso, decidi fazer um post sobre distopias para mostrar pra ela que a vida podia ser imensamente pior. Afinal, ela não mata ninguém para sobreviver (acho). Distopia é um pensamento filosófico de uma sociedade imaginária, baseia-se no mundo atual, mas com alguns aspectos ao extremo, como o governo e a população. Como constantemente reclamo aqui no blog, é difícil escolher alguns filmes de um determinado tema. Minha escolha foi meramente por gosto e na esperança de indicar pra vocês filmes novos.

Seria um desrespeito começar essa lista sem mencionar 1984, baseado na obra de George Orwell, não comentarei mais porque a adaptação não é boa. Para interesse de vocês, um remake está em processo e com rumores (pelo menos da última vez que ouvi) que a Kristen Stewart ia participar. Fiquem ligados.

Filme que se influenciou muito de 1984 é V de Vingança, de 2005, onde mostra uma Inglaterra futurística e totalitária. Every, Natalie Portman, é salva por V, que planeja, com a ajuda dela, libertar a sociedade e criar uma anarquia. O filme é baseado em uma HQ da DC Comics que retrata a temática de forma mais bruta e explícita. Se vocês não assistiram ao filme, pelo menos conhecem a figura do V, que foi máscara para muitos manifestantes, inclusive em junho do ano passado.

v-for-vendetta

Laranja Mecânica, de 1971, também é um nome famoso dentre as distopias. Filme de Stanley Kubrick, baseado na obra de Anthony Burgess, retrata a história de Alex, um líder de uma gangue que foi preso e submetido a um tratamento “contra a violência”. O método do tratamento tem uma cena icônica com o Alex com os olhos abertos a força e que nos possibilita a criticar o modo que o governo condena os “criminosos” sem se importar com a ética humana.

orange-clockwork

Outro filme que instiga a ética é O Show de Truman, de 1998, que mostra o personagem de Jim Carrey crescendo diante das câmeras 24h por dia sem saber. Todos os seus conhecidos são atores e a produção do show criou traumas de infância para que ele ficasse com medo de sair da cidade. O filme é belíssimo e com uma crítica fortíssima desses Big Brothers da vida. Vale a pena conferir, por mais que o Jim Carrey não nos faça rir nessa vez.

truman-show

Meu filme favorito dessa lista, mas igualmente crítico e chocante, é Não me abandone Jamais, de 2010. No filme, presenciamos uma sociedade que cria clones para, se a pessoa eventualmente precisar, consiga novos órgãos de si mesma. Por ser uma sociedade que provavelmente deve abusar das químicas, eles precisam rapidamente de novos rins, pulmões e afins. Essa parte, contudo, não é explorada, nós acompanhamos três clones que vivem um triângulo amoroso, mas são obrigados a passar por estas cirurgias durante o pouco período de vida que eles têm. O triângulo é formado pelos lindos Andrew Garfield, Keira Knightley e Carey Mulligan. Recomendo muito esse filme para aqueles que ainda não assistiram.

never-let-me-go

Deixarei aqui uma reflexão à la redação de vestibular: É possível afirmar que as distopias perderam seu caráter imaginativo e estão cada vez mais realísticas? Aliás, para quem fez FUVEST, espero que tenha ido bem!

E para quem leu até o final (meu muito obrigada), tem surpresa! A mais recente distopia que chegou aos cinemas é Esperança – Parte 1 e eu ganhei inúmeros pôsteres que o Cinemark (olha eu de novo falando deles) deu na compra dos ingressos antecipados. O que vocês acham de rolar um sorteio aqui no blog? Acham que a Carla deveria fazer?

É isso, pessoal! Até daqui duas semanas!

Um beijo e até a próxima!

Sobre o autor

Carla, 29 anos, publicitária, fotografa, social mídia, artesã. Louca da natureza, velharias e bichos. Mais na aba aba sobre e por todo o blog.

(9) Comentários

  1. O V de Vingança é minha distopia preferida, na realidade é o meu filme preferido, eu não sei o que esse filme tem, mas consigo ver e rever varias vezes e continuar amando!
    http://www.hurricanestars.com/

    1. @Aláina, que ótimo filme pra ser como favorito. Eu gosto muito, inclusive já li a HQ, mas não considero meu favoriiiiiiiiito! xD

  2. J. diz:

    Nossa adorei seu texto! Sou super fã de distopias!!
    Faz tempo que vi Truman, nem lembro mais direito. V de Vingança é maravilhoso, acho que é o filme que mais gostei desses.
    Laranja Mecânica também é muito legal e Não Me Abandone Jamais é lindo, chorei muito!!!
    Jogos Vorazes é a minha distopia favorita, amo muito Peeta!

    PS: Eu quero postersss!!!! 😀

    1. @J., Obrigada, J. (?)
      Faz um tempo que vi O Show de Truman também, preciso rever xD
      E eu também chorei *muito* em Não me abandone Jamais!!! E EU TAMBÉM SOU TEAM PEETA *surta*

      Pressionarei a Carla sobre o posteres! 😀

  3. V de Vingança é um filme que me prende a atenção do início ao fim e não consigo me cansar dele. Pode passar trocentas vezes no mesmo dia que pode ter certeza que vou assistir sem reclamar. E O Show de Truman é outro, Jim Carrey é um ator e tanto e não tem um trabalho dele que eu diga ser ruim ou me desfaça.

    1. @Kelly Mathies, realmente! E a frase ‘remember, remember, the fifth of november….’ é sensacional!!
      Eu tô meio cansada das comédias que o Jim Carrey anda fazendo, o último acho que foi com pinguins xD mas eu adoro adoro os antigos! xD

  4. Oi Carla

    Nunca vi 1984, mas li o livro. E é bom, mas né essas coisas todas não hahaha #mejulguem
    Não sei quais são teus hábitos de leitura, mas recomendo 1Q84, trilogia baseada em 1984, de Haruki Murakami. Vale a leitura 😀

    Já V de Vingança é um filme que gostei muito quando vi, na época eu era mais nova e deixei passar algumas críticas, hehe, mas curti muito. Laranja Mecânica também gostei 😀 Tentei ler o livro, mas não deu certo, foi como tentar ler Iracema: tem tantas palavras em outra língua que ficou impossível e muito cansativo para mim. Já o último, não conhecia. Vou salvar no Filmow para ver (a lista tá gigante T-T)

    E eu apoio o sorteio 😀
    bj bj

    1. @Gabriela, Putz, não vi que quem postou foi a Pate 🙁
      Desculpe, Pate, mil perdões haha <3

    2. @Gabriela, Sem problemas, Gabriela, ignorei o nome e li como se fosse pra mim xD
      Eu também não sou fã de 1984, eu mencionei pra desencargo de consciência porque o termo distopia nasceu praticamente com ele. Gosto mais de “Revolução dos bichos”! (o filme é, como esperado, pior que o livro)
      Eu tenho muuuuuuuuuita vontade de ler essa trilogia do Murakami, só não li por motivos de: dinheiro xD Quem sabe aparece alguma promoção e eu compre a coleção! 😀
      Tanto V quanto Laranja são filmes que (acho) entretêm, mas que só depois de um tempo conseguimos entender realmente a crítica envolvida!
      E sobre o livro de Laranja, eu li esse ano. Uma pena você não ter se acostumado com o dialeto do Alex, é horrível no começo porque você não entende o que acontece, mas depois acostuma, pelo menos eu acostumei!
      E salve no filmow (<3) Never let me go, porque é lindíssimo! *-*

      P.S. Obrigada por comentar, adoro conversar sobre filmes e afins (:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *