Falando de

Hair Brasil 2016

Oi gente, acho que vocês estranharam o desaparecimento dos textos do blog, o que aconteceu foi que eu estava num bloqueio para escrever, mas dei um jeito de não faltar conteúdo para vocês, por isso fiz tantos vídeos. Já viram todos? Vão lá no canal conferir!

Então, vocês devem ter visto nas redes que fui na Hair Brasil (ou não), mas vou contar como foi. Fui apenas um dia (o Sábado), justamente pelas impressões que tive da feira, que apesar da quantidade de produtos, dos preços, das marcas maravilhosas, a maioria dos expositores ainda não estava preparada para nós, blogueiras, mesmo assim conversamos bastante com todo mundo que se dispôs.

Em alguns stands, acabamos batendo papo e compartilhando experiências. Principalmente sobre tipos de cabelo, a falta representatividade da cacheada/crespa – Que em catálogos na maioria das vezes, são mulheres de babyliss e sobre low poo. As coisas tem mudado e com o empoderamento correndo solto, cada vez mais pessoas resolver assumir seus cabelos naturais e é primordial para marcas que querem se conectar conosco, essa conversa e pesquisa, fiquei muito feliz em saber que eles tem interesse real. Enfim, vou mostrar alguns stands em que passei.

Dailus sempre arrasando nossos corações mostrou alguns dos lançamentos do momento. Vou fazer um post só com a resenha dos produtos que recebi deles, aguardem (principalmente pelos batons líquidos 12 horas, com a formula diferente, as cores dos batons já existentes, se realçaram  ♥).

Novas sombras líquidas
Delineador, sombras líquidas, batons líquidos matte e metálicos.
todos os batons e sombras

Outro lançamento é o blur facial de alta cobertura feminino e masculino. Sim, eu também achei que era um produto que poderia ser unisex, mas nos explicaram que a versão masculina é antioleosidade porque a pele dos homens tende a ser mais oleosa. Acho que vale pra todo mundo que tem a pele mais oleosa, testar os dois e ver qual se adequá melhor.

Fiquei encantada com a nova linha da Catharine Hill, principalmente pela nova linha de maquiagens que tem cores perfeitas para a pele negra.

A paleta de brushs e contorno vem com uma cartilha ensinando aplicações de acordo com os formatos de rosto. Achei sensacional, pra quem se aventura maquiando outras pessoas além de si mesmo principalmente, é sempre bom saber o que favorece mais cada rosto. Adorei as cores!

Acho que todo mundo sabe da dificuldade para encontrar tons de base, corretivo e pó para pele mais escuras, a maioria puxa pro laranja ou deixa um tom cinzento estranho em peles negras. Fiquei super satisfeita com a preocupação da marca com o problema.

A paleta de corretivo com quatro tons e os Paint Stick’s (em duas cores: Angel e Ébano), só me fazem pensar em contorno, contorno e contorno.

Tem também o pós facil fixador translucido que é soltinho e fiquei querendo, hahaha.

No stand da Lizz a Alynne do Buteco para garotas recebeu a gente e mostrou as novidades. Eu não uso mais alguns equipamentos, mas sei que algumas de vocês iam ficar loucas com eles. Principalmente a escova mágica que alisa quase instantaneamente, ótima para fazer a franja (opinião da Simone Montilares, hahaha). Achei super divertido o 3 wave que dá uma ondulada no cabelo, deixando ele com um efeito meio sereia/barbie praia e gostei bastante do secador Voyage que dobra e é perfeito para viagens.

Pirei nos secadores coloridos, principalmente porque eles tem difusores que ajudam pra caramba as cacheadas e cacheadas em transição (sim, sofri não tendo comprado um enquanto ainda texturizava os cabelos).

Também fomos bem recebidas na Richee e batemos um super papo, inclusive sobre a nova linha Soul cacheada, já própria para low poo (palmas virtuais aqui, pleease). Fiquei super interessada também pela linha para platinadas por conta da tonalidade do roxo, afinal eu também tinjo o cabelo e não é fácil desamarelar para chegar no azul.

Bom é isso, gostaria de agradecer o rapaz, que trabalha no marketing da Salvatore também, pelo interesse e o papo também, desculpe, esqueci seu nome, hahaha.

Espero que tenham gostado do post, ainda vai ter resenha da Dailus e Catharine Hills, logo logo, beijo.

 

Sobre o autor

Carla, 29 anos, publicitária, fotografa, social mídia, artesã. Louca da natureza, velharias e bichos. Mais na aba aba sobre e por todo o blog.

(4) Comentários

  1. Tô ouvindo falar muito de batom metálico e tenho duas dúvidas:

    – se vai pegar
    – se vou gostar de voltar a usar

    ahahha! batom metálico é tão 90’s ♥ hehe! usava muito cobre!

    Eu quero muito um difusor. Meu cabelo demora muito a secar e as pontas ficam estranhas…

    bjins,
    Re

    1. @Re Vitrola, entãão, eu não sei viu, eu fico muito com o pé atrás com os metálicos porque viciei demais nos matte.

      Difusor é necessário demais, eu ainda não achei um que coubesse no meu secador </3

  2. Nossa, eu fiquei boba com tanto produto legal. Nunca participei dessas feirinhas de beleza, mas parece que elas trazem produtos interessantes. Pelo que deu pra notar, essa trouxe, em especial algumas marcas , começaram a se preocupar com a variedade de produtos para nós , como a linha low pow.
    Adoro os batons da Dailus tanto pelo preço e pela qualidade, e quero ver se os metálicos vão pegar de novo, já que ultimamente tá essa febre de batom matte.
    Bjim’
    Até mais!

    1. @Libia Soares, é legal ir pra descobrir esses produtos, principalmente as marcas que explicam direitinho pra gente. <3

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *